Governo do RS anuncia fim da obrigatoriedade do uso de máscaras ao ar livre

O governo do Rio Grande do Sul anunciou, nesta terça-feira (15), o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes ao ar livre. Um decreto regulamentando a flexibilização deve ser publicado até hoje(16).

A decisão foi tomada pelo Gabinete de Crise para o Enfrentamento à Covid-19, acolhendo entendimento do Comitê Científico. Uma nota técnica foi publicada com as orientações e justificativas para a decisão.

“Não é uma recomendação ou uma liberação, mas sim uma possibilidade que se apresenta diante do momento em que vivemos, com o avanço da vacinação e a redução dos indicadores da pandemia. É importante lembrar que a adesão à vacinação é essencial para que possamos continuar no caminho de retomada para a normalidade”, diz o governador em exercício Ranolfo Vieira Júnior.

Os técnicos ressaltam, no entanto, que segue recomendado fortemente o uso de máscara, mesmo em locais abertos, para pessoas com comorbidades ou que estejam apresentando sintomas gripais. Veja os grupos que devem continuar usando o equipamento:

-Não vacinadas

-Com doenças autoimunes

-Que tomem medicações imunossupressoras

-Com obesidade, doença neurológica, doença cardiovascular, síndrome de down, diabete mellitus, doença renal crônica, doença crônica descompensada

-Em tratamento oncológico

A máscara também é recomendada para ambientes abertos durante situações de risco aumentado, como em locais sem distanciamento ou em longos períodos de exposição, como shows e estádios de futebol. Em ambientes fechados, a máscara continua de uso obrigatório.

Fonte: G1

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.