Tira Mão Daí: Ano 35

Após dois anos, será retomada as festas carnavalescas em diversos locais do país. E na região vários blocos se movimentam para curtir esses dias de festas.

O Bloco Tira Mão Daí de Chiapetta relata um pouco de sua história e a sensação em poder retomar as festividades.

 

“São 35 anos de folia 35 anos de samba no Pé

De um bloco que tem sempre a magia

Magia de alegria onde tiver

Feliz foi quem fez parte dessa história

Bebeu gritou sambou e brincou

Levando sempre o nome dessa terra “

O bloco Tira Mão Daí foi fundado no ano de 1987, por jovens da família Pires e Souto, que estavam reunidos na casa de João e Ana Souto e entre risadas e brincadeiras foi tomando forma a ideia de criar um bloco carnavalesco em Chiapetta. Após várias sugestões de nomes, foi entrado em consenso e o nome escolhido foi Tira Mão Daí, por ser um nome engraçado e sugestivo, que tem como slogan em forma de desenho um “mulherão e um baixinho folgado”.

O bloco carnavalesco seguiu de geração e geração, e nenhum ano o bloco deixou de participar do carnaval na região. Com a pandemia o ano 34 ficou marcado, sem poder realizar a tradicional festa.

“A cidade sabe quando é carnaval porque o bloco começa suas movimentações, abre QG, realiza eventos”, comenta um integrante.

Neste ano 35, o bloco não conta com presidência e sim com uma comissão organizadora, com aproximadamente 45 integrantes aguardam com alegria e empolgação a retomada das festividades. Dentre as programações nesse ano destacam-se os encontros na sede e festas interativas com demais blocos da região. Com o lema “Levando sempre o nome dessa terra

Chiapetta e o Tira Mão daí Chegou!”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.