Frente fria ainda mais intensa deve provocar novos temporais a partir de quarta-feira no RS

A previsão não é boa: uma nova frente fria ainda mais intensa do que a que provocou fortes temporais na Fronteira Oeste e na Campanha deve avançar a partir de quarta-feira (27) e prolongar os dias de chuva e tempo fechado no Rio Grande do Sul.  Na fronteira, há risco de tempestade severa.

Segundo a meteorologista Carine Gama, da Climatempo, essa frente fria avança pela Argentina e chega à fronteira gaúcha logo pela manhã. Ela ganhará força ao se combinar com uma umidade que vem do norte do Brasil e a uma área de baixa pressão entre o Paraguai e a Argentina, espalhando chuva por todo o Estado.

A metade Sul será a mais afetada, com chance de temporal, mas a região da fronteira também pode registrar tempestade severa.

– A situação é super complicada, com previsão de tempestade severa, possibilidade de queda de granizo e ventos na região da Campanha, onde as rajadas podem variar entre 60 km/h e 85 km/h. Na serra gaúcha, também terá vento bem forte, com rajadas em torno de 70 km/h – alerta a meteorologista.

Os lugares onde mais deve chover na quarta-feira (27) são Bagé, na Campanha, e Santana do Livramento, a Fronteira Oeste, onde o acumulado deve ser de 25 a 40 milímetros – entre 20% e 30% do que chove ao longo do mês de abril nessas cidades. Parece pouco, mas como a chuva ficará concentrada entre o final da manhã e o começo da tarde, o voluma pode ser expressivo, explica a meteorologista:

– Se esses 25 milímetros fossem distribuídos ao longo de todo o dia, não seria ruim, mas vão cair bem forte e muito rápido.

A quinta-feira (28) segue chuvosa, e as áreas afetadas pelos temporais serão a Região Metropolitana, Norte e Serra, enquanto a metade Sul terá um dia de trégua. As chances para temporais diminuem na sexta-feira (29) e o tempo chega a firmar em algumas regiões.

Mas o céu volta a desabar no final de semana com anúncio de temporal no sábado (30) para o Norte, Noroeste e Serra – a metade Sul seguirá com neblina e garoa. Há que se ter paciência, que o tempo só vira na metade da semana que vem.

– Previsão de melhoria mesmo para o Rio Grande do Sul só a partir da semana que vem, porque na segunda e na terça continua chovendo muito e forte – prevê Carine Gama.

Informações: Gaúcha ZH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.